Posts Tagged ‘Harmonia’

Harmony

By | Published:

sourcepoint_logo-206x300

Reflecting on words, we bring their energies, qualities and vibrations more present. “The word” brings us closer to the energies it symbolizes; “the word” has the power to invoke its own meaning and actualize it in the manifest world. The ancients knew this. Indeed, one of the best known creation myths begins with the words “In the beginning was the word…”

And that word was what philosophers and theologians call Logos. The original meaning of this in ancient Greek is simply word, speech, or thought. It came to have implications of the divine ordering intelligence and principle behind everything, the word that was in the beginning. The structure and pattern of the cosmic order.

Which brings us to the Greek word Kosmos. The original meaning in Greek is “embroidery,” which implies “the orderliness and harmony of woven patterns with which the universe is embroidered and moves. Kosmos signified the honorable and ‘right behavior’ of the whole, the harmonious orchestration of the world’s pattern and processes.” (A Beginners Guide to Constructing the Universe, by Michael Schneider, )

“As re-stated by Plato, to discover kosmos in the world was to reveal kosmos in one’s own soul.” (The Passion of the Western Mind, Richard Tarnas) This is what we work with in SourcePoint, the reflection of the cosmic order within our own body, mind, and spirit.

In the philosophies and studies of ancient Greece, the inherent harmony of the universe was discovered by investigating the underlying ordered patterns, the mathematical relationships, that are the fabric of material reality, the kosmos. The Greek word harmonia means “fitting together.” (Beginners Guide, once again) When all things fit together in an ordered way, we have harmony.

When things fit together, work together, communicate with each other, dance together, play together, move together for the greater good, in the greater good, we have harmony. When our actions and relationships, our bodies and minds and spirits, are connected to and informed by the cosmic harmony, the cosmic order, then, things go well. When the systems of the body co-ordinate according to the principles of order inherent in kosmos, we have harmony.

Harmony is another word for equanimity. In these times, equanimity is essential. The waves of the world rise and fall, storm and subside, storm and subside, around us and within us. Emotions run high, demands are many. We live on information overload. There’s not enough time. People interact with their devices rather than each other. Stress is the norm.

Order, Balance, Harmony, Flow. Remember. It’s who we are. We experience that order and harmony in our breath, in our heartbeat, in the natural world, in the words themselves. We need to remind ourselves of that a million times a day these days, in order to maintain health, well-being, equanimity, and the capacity for responsible choice and action in the world.

Logos, Kosmos, Harmonia…..

 

INTUIÇÃO

By | Published:

ladakh heart 2013photo by Josh Schrei

Translated by Marilu Reis

Quando você sonha, você enxerga de dentro de si mesmo, sua visão normal?

Ou você vê de cima e além, do lado de fora, movendo-se no sonho?

O que você prefere?

Estar dentro ou fora?

As pessoas falam sobre estar dentro do corpo.

Onde está este corpo?

Ou, onde ele não está?

As pessoas desejam seguir o coração.

Que coração é este exatamente?

Eu quero seguir o grande coração

na raiz, o núcleo, o centro,

que pulsa no corpo e nas estrelas,

dia e noite,

inundação e tempestade e quietude,

semente e flor,

que nunca, nem por um momento, para de bater.

Acordado na noite profunda, escura e brilhante de lua cheia de setembro,

entre a expiração e a inspiração

em um espaço tão familiar, mas tão desconhecido,

o coração sussurra

Sonhe você

fora de você.

Na prática da SourcePoint Therapy® estamos sempre falando da importância de ficar fora do caminho. Isto se aplica especialmente ao tema da intuição e seu lugar na SourcePoint. A maioria das pessoas que são atraídas para a SourcePoint, e certamente para a prática da medicina energética em geral, são aquelas que querem seguir o coração, desenvolver e confiar na sua intuição. O que isso significa, seguir seu coração, confiar na sua intuição e exatamente o que significa intuição na prática da SourcePoint, na qual nossa principal preocupação deve estar ligada e ser orientada pelo Blueprint universal da saúde?

O que as pessoas comumente consideram a “minha intuição” pode ser descrito como um aspecto da consciência, sensí­vel, empático e receptivo, que é capaz de acessar a informação da ordem maior e da consciência maior, alinhando-se e sendo guiado por esta ordem e consciência. Entretanto, a maior parte do tempo, na maioria dos indiví­duos, em variados graus, este fluxo de consciência, sensí­vel, receptivo, perceptivo e empático, está consideravelmente alterado por opiniões, julgamentos, idéias, experiências do passado e hábitos.

A intuição pessoal é muito influenciada pela experiência pessoal. Isto pode ter grande valor, mas se você quer contar com sua intuição como base para o trabalho de cura, a prática diária de alguma forma de autolimpeza é essencial. Para poder confiar na sua intuição é importante realizá-la antes do trabalho. Limpar o canal de intuição é um passo necessário para que você realmente possa perceber e receber com clareza.

A pessoa sempre percebe que as sensações no seu corpo transmitem informações, e sim, este é outro canal de intuição. Entretanto, o corpo também é uma consciência, que carrega experiências passadas condicionadas, hábitos e memória. O canal também é frequentemente alterado por emoções e padrões.
A função da intuição na SourcePoint Therapy® poderia ser, por exemplo, ajudar o profissional na prática de trazer a informação do Blueprint para o corpo. Ela pode ajudá-lo a permanecer aberto à orientação do Blueprint para o trabalho que está sendo realizado, reconhecendo sempre, que isto é tudo que você está fazendo, facilitando o fluxo daquela informação. A intenção de permitir que sua percepção intuitiva pessoal seja guiada pelo Blueprint proporciona alguma proteção contra a projeção. O Blueprint oferece um ponto de referência externa que ajuda a purificar a intuição.

As pessoas que realizam o trabalho corporal intuitivo geralmente se referem a “estar sendo atraídas” a trabalhar em uma determinada área do corpo. Esta mesma frase é usada algumas vezes em relação a decisões da vida, “ser atraído” para um determinado lugar, pessoa ou situação. Nós recomendamos que as pessoas tenham cuidado com o “ser atraído”. Pense nesta frase. O que atrai você? É a sua história sendo atraída por algo familiar? A maior parte do tempo, nós somos atraí­dos para aquilo que é familiar, para o que repercute em nossa experiência restrita. Existe uma linha tênue entre ser atraído e projetar nossa própria experiência sobre o outro.

Muitas vezes, as pessoas consideram a SourcePoint “contra-intuitiva”. Ao escanear para localizar os bloqueios que obstruem o fluxo de informação do Blueprint, a pessoa pode ser atraída para uma determinada área, onde espera encontrar o bloqueio. Se ela não está ligada a sua intuição, sempre ficará surpresa ao encontrá-lo em um local completamente diferente.

A transformação, no trabalho de cura ou na vida pessoal, pede para nós irmos além de nossas expectativas, julgamentos e mesmo de nossa preciosa intuição pessoal. Na SourcePoint, nós entregamos nossa intuição a este terceiro ponto, o Blueprint. Nós transferimos nosso conhecimento, experiência, idéias, opiniões e julgamentos, e nossa intuição para a ordem fundamental do universo, a sabedoria inata do corpo como uma expressão desta ordem universal.

A Ordem, Equilíbrio, Harmonia e Fluxo fundamentais, inerentes na energia universal, são a Fonte de nossa existência. São a origem, o alimento e a sustentação da vida. É por isso que dizemos que a natureza do Blueprint é o amor. Assim, na prática da SourcePoint, nós deixamos que nossos corações fiquem a serviço do bem maior.

Edited by Satara Bixby

Archives

Categories

Tags